VOLTAR
FECHAR

Rua Jornal NH, 99 - Bairro Ideal - Novo Hamburgo/RS - CEP: 93334-350
Fones: (51) 3065.4000 (51) 3594.0444 - Fax: (51) 3594.0448

PUBLICIDADE
Blog do Ávila

PDT, uma nau quase à deriva em Novo Hamburgo

Desde que o Diretório foi dissolvido, o presidente Antônio Lucas toca o partido praticamente sozinho.

Facebook/Reprodução
Desde que o Diretório foi dissolvido, o presidente Antônio Lucas toca o partido praticamente sozinho
Pedetistas de Novo Hamburgo estão preocupados. É que o partido no Município está quase à deriva. Ano passado, o Diretório foi dissolvido, depois que a maioria dos integrantes pediu exclusão. Semanas antes, uma denúncia contra o presidente Antônio Lucas e seu filho, o suplente de vereador Rafael Lucas, foi protocolada na Executiva estadual. Os autores foram os vereadores Felipe Kuhn Braun e Enfermeiro Vilmar. A Comissão de Ética foi acionada, todos os envolvidos ouvidos, mas nenhuma decisão foi a tomada até agora. Nas vezes que o presidente Pompeu de Mattos foi contatado pela coluna, disse que precisa ser “algodão entre cristais”, uma referência ao cuidado que deve ter na tomada de decisões.

Só o presidente

Desde que o Diretório foi dissolvido, o presidente Lucas toca o partido praticamente sozinho. Este ano tem eleição e se o assunto não for resolvido o mais rápido possível, hamburguenses que desejam ser candidatos pelo partido podem sair prejudicados. O caminho seria a nomeação de uma Comissão Provisória.



Em Morro Reuter, criança tem vaga na creche mesmo antes de nascer

Prefeitura não apenas zerou a fila de espera, como conseguiu se preparar para os futuros nascimentos.

Prefeita de Morro Reuter Levantamento da prefeitura de Morro Reuter aponta que pelo menos 40 crianças vão nascer ao longo deste ano. São de gestações já registradas no município. A notícia boa: todos estes bebês terão creches, assim que as licenças maternidades das mães estiverem encerradas. É que a prefeitura, comandada por uma professora, não apenas zerou a fila de espera, como está preparada para novos nascimentos.

A prefeita Carla Chamorro (PTB) fala com orgulho da conquista, possível graças à eliminação de duas secretarias. A economia possibilitou alugar uma casa e ampliar o número de vagas oferecidas. Belo exemplo.

Secretário da Saúde de Novo Hamburgo pode estar na Câmara

Vereador Naasom Luciano (PTB) reconhece que foi sondado pela prefeita Fatima Daudt, mas não há nenhuma definição.

Naasom LucianoPolítico, com qualificação (é formado em Direito) e com liderança política. O perfil que a prefeita Fatima Daudt (PSDB) deseja para assumir a Secretaria da Saúde pode estar na Câmara de Vereadores. E o principal defensor do governo neste ano é a ficha número 1.

Naasom Luciano (PTB) já foi questionado por alguns colegas de Parlamento e reconhece que houve sondagem, mas que está avaliando a conversa que teve com a prefeita. No gabinete, a informação é que o vice-prefeito Antônio Fagan segue acumulando o cargo e que não há outra nomeação.

A prefeita Fatima Daudt reconheceu, no início desta semana, que tem acordo com o vice-prefeito para que a Saúde tenha um novo secretário. Fagan vai ser uma espécie de coordenador e terá a função de circular pelas unidades de saúde e Hospital Municipal.

Nesta quinta-feira (21), no início da tarde, um grupo de WhatsApp especulou o nome de Naasom. Depois disso, alguns vereadores falaram com o petebista, que admitiu ter sido sondado.

Em se confirmando o nome de Naasom (foto) para a Saúde, assume a cadeira na Câmara o ex-vereador Cristiano Coller (Rede), suplente da coligação.

Leonardo Hoff não cumpriu quarentena e foi exonerado da CEEE

Estatal seguiu recomendações do Ministério Público de Contas e anunciou a saída do diretor na tarde desta quinta-feira (21).


Leonardo Hoff
Leonardo Hoff não é mais diretor-administrativo da Companhia Estadual de Energia Elétrica. Ele foi exonerado esta tarde, após apontamento do Ministério Público de Contas. Hoff não cumpriu a quarentena depois das eleições do ano passado, quando concorreu à Prefeitura de Novo Hamburgo pelo Partido Progressista.

O hamburguense foi diretor da estatal entre janeiro de 2015 e maio de 2016, quando se desincompatibilizou para concorrer ao Executivo municipal. Em fevereiro deste ano foi nomeado novamente, mas a quarentena, para quem deixa um cargo para concorrer é de 36 meses (três anos), para que volte a ocupar a mesma função.

Hoff diz que, ao deixar o cargo para concorrer, não existia a Lei da quarentena e quando retornou, já existia. E um decreto do governador estabelece que para recondução ao cargo não se aplica a leio. Mas pesou o fato de ter sido presidente do PP e pela lei não pode ocupar cargo de dirigente partidário.

A partir de agora, Hoff vai se dedicar ao projeto de pré-candidatura a deputado federal no próximo ano. Mas pode desistir, se confirmar a sondagem para ocupar uma secretaria no governo Sartori, o que poderá aproximar ainda mais o PP do governador José Ivo Sartori.

Confira na integra o texto do segundo pedido de afastamento de Leonardo Hoff da CEEE

Confira na integra o primeiro pedido de afastamento de Leonardo Hoff da CEEE


Capa do dia

FOLHEIE O SEU JORNAL PREFERIDO NA TELA DO SEU COMPUTADOR.

ACESSE ASSINE AGORA
51 3600.3636
CENTRAL DO ASSINANTE

51 3591.2020
CENTRAL DE VENDAS DE ASSINATURAS