Publicidade
Bom Exemplo

Saiba como fortalecer o projeto Corrente do Bem

Distribuição de sopa e lanches a crianças é uma das ações da Corrente do Bem, que reúne cem voluntários Foto: Divulgação
Movimento formado por cerca de cem voluntários de diversas entidades, a Corrente do Bem realiza ações sociais diariamente, com doações de marmitas, lanche e sopão solidários. Fundador do movimento, Joel Santos conta que a iniciativa nasceu em 2008, quando teve a ideia de realizar uma festa para comemorar o Dia das Crianças. Com o auxílio de familiares e amigos conseguiu realizar um evento para 60 crianças. Era o início de uma corrente que se fortalece a cada dia. Em 2016, a festa alcançou 1,5 mil crianças. Em 2019, 4 mil. E no ano passado, 6 mil.

Com a proporção que o evento tomou, o grupo de voluntários sentiu a necessidade de estender as ações. E no ano passado, iniciou a distribuição de comida a moradores em situação de rua de Novo Hamburgo, além de servir café e lanches para pessoas que aguardam assistência nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e no hospital. Além destas ações, o grupo também realiza sopões e entrega lanches a crianças carentes da Santo Afonso.

A Corrente do Bem conta com pontos de arrecadação de alimentos na Rua do Rio das Antas, 41, no bairro Liberdade; e na Rua Leopoldo Wazum, 271, no bairro Santo Afonso, próximo a estação. Um dos objetivos do grupo é ter um local próprio para oferecer almoço a famílias carentes da Santo Afonso e arredores. Saiba como ajudar pelo Whatsapp 995610649, com o próprio Joel. "Tive uma infância difícil. Lembro que num Dia das Crianças me negaram um brinquedo. Cresci em meio às dificuldades e decidi não perder a esperança e me empenhar a ajudar outras pessoas quando conseguisse", conta Joel.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.