Publicidade
Cervejeiros

Cervejas baseadas em bandas

A cerveja sempre foi parte importante do rock n’ roll, tanto para o público, como para a banda no palco. Com a popularização das micros cervejarias ao redor do mundo, criar uma cerveja especial sem se preocupar com números de vendas e com a liberdade para buscar a receita que reflita a essência da banda ficou mais fácil. Por isso, vemos bandas de rock criando parcerias com cervejarias ao redor do mundo para fabricar bebidas que engarrafam sua identidade.

Certas bandas tem uma ligação com a bebida mais forte e buscam a sua própria criação, criando a sua receita ou influenciando diretamente no processo de produção. Outras são homenageadas pela contribuição musical ao longo dos anos. Por vezes, uma canção memorável é a inspiração, como a cerveja Camila Camila, da Cervejaria Bamberg de Votorantim (SP).

Cerveja Camila Camila, da Cervejaria Bamberg de Votorantim (SP) Foto: Divulgação

Quando falamos de cerveja artesanal, sabemos que não existem limites, tanto para os sabores e aromas, quanto para a criação do rótulo. Hoje em dia, tudo o que vemos pode virar tema para o rótulo de uma cerveja. Um exemplo são as músicas que escutamos diariamente, seja nas rádios, em um vídeo curtinho ou até mesmo no toque de um celular.

As cervejarias que se inspiram em bandas para criar seus rótulos podem ter como base uma música específica ou a história da banda. Existem cervejas de grupos renomados, como AC/DC, Motörhead, Iron Maiden, Kiss e Sepultura. Algumas delas foram, inclusive, lançadas no mercado através da própria banda. Um exemplo é a banda AC/DC, que lançou uma cerveja fabricada de acordo com o manifesto do Rock'n'Roll de 1973. É uma German Pils com 5% de teor alcoólico, de extrema refrescância e com harmonizações fáceis, como comidas de boteco, pizzas e queijos.

Banda AC/DC lançou uma cerveja fabricada de acordo com o manifesto do Rock'n'Roll de 1973 Foto: Divulgação



Um exemplo de cervejaria brasileira que tem criado diversos tipos de rótulos relacionados à bandas é a Bamberg (SP), que lançou a Raimundos Helles, para homenagear a banda de sucesso nos anos 90. Também fizeram cervejas especiais para conjuntos como CPM 22 e Nenhum de nós.

As cervejas com base em bandas normalmente levam o estilo relacionado à música, por exemplo “Camila Camila”, música original do Nenhum de nós, foi feita pela cervejaria mesma cervejaria. A ideia era criar uma cerveja que mesmo com o tempo passando, faria com que as pessoas mantivessem o interesse em seu sabor, levando em consideração que em todos os shows do Nenhum de Nós a música Camila, Camila foi tocada e cantada por todos. Da mesma forma, a cerveja será bebida ao longo dos próximos anos por muitas pessoas. Além de ter uma história forte, baseada em uma relação abusiva, hoje em dia Camila, a amiga da banda na qual a cerveja foi baseada, está com 42 anos, por isso, ao ser lançada, a Bamberg calculou para que o nível de IBU fosse 42, homenageando a protagonista do som. O rótulo desta cerveja foi inspirado na letra, tendo partes importantes como as estrelas da noite, os raios de sol, o lúpulo representando a feminilidade, as lágrimas e o ódio, que “deixa tudo preto”.

Outro exemplo que pode ser citado é a Cerveja True, produzida pela cervejaria Monshire, de Curitiba. A cerveja foi baseada no novo álbum da banda de metal que tem ganhado cada vez mais espaço no meio da música. Todos os seus aspectos combinam com o estilo da banda, sendo uma cerveja considerada “densa, amarga e pesada”. A cerveja foi feita para a divulgação do álbum “Riders of Doom”, e só é vendida nos shows do grupo, o que aumenta o interesse daqueles que gostam de cervejas diferentes e exclusivas.
O que pode parecer estranho é esse interesse e preocupação na hora de comprar uma cerveja. Você olha primeiro para o rótulo ou para o estilo que deseja? Ao comprar cervejas baseadas em bandas de rock, claramente o que chamou a sua atenção foi o rótulo e a banda em que ele foi baseado, ainda mais se você é fã. Além do rótulo da cerveja ser uma das partes mais importantes de toda a sua composição, por citar detalhes de ingredientes e possíveis harmonizações, ele chama atenção dos consumidores e aumenta o interesse pela bebida e por seus produtores, aumentando os clientes e, consequentemente, a sua produção.

É importante ressaltar que o interesse por cervejas artesanais teve aumento significativo nos últimos anos, fazendo com que cada vez mais as cervejarias busquem uma rotulagem diferenciada e chamativa, baseada em filmes, séries, músicas e movimentos culturais que temos acesso no nosso dia a dia.
Beber boas cervejas é uma das coisas principais da vida, encontrar uma cerveja baseada em algo que você gosta pode tornar ainda mais divertido e inesquecível o momento.

No próximo post iremos sobre os mitos da cerveja, mande um e-mail para bentocla@gmail.com ou pelo Direct do Intagram @bentocla, qual mito você deseja desvendar. Até o próximo post. Cheers!


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.