Publicidade
Cotidiano | Decoração Decoração

O poder mágico dos espelhos

Eles podem ajudar a ampliar um espaço ou dar mais visibilidade para um belo móvel ou planta da janela

Por Marcelo Lima
Última atualização: 13.06.2020 às 14:10

Espelho escorado na parede é um recurso popular e elegante, desde que sejam tomados os devidos cuidados Foto: Adobe Stock
Trazer a natureza para dentro de casa tem sido hoje o objetivo de muitos projetos de decoração. Nem sempre, no entanto, é viável montar uma "floresta" no meio da sala. Para quem dispõe de plantas na altura das janelas, porém, criar um efeito parecido é perfeitamente possível. Basta lançar mão de um artifício eficaz, velho conhecido dos decoradores, que requer pouca manutenção, mas alguma habilidade: o uso de espelhos.

De fato, existem muitas maneiras pelas quais superfícies espelhadas podem adicionar amplitude, beleza e brilho ao desenho dos mais diversos ambientes. Áreas muito pequenas ou muito estreitas; espaços que carecem de luz solar; cômodos que parecem apertados demais ou confusos; salas desprovidas de maiores atrativos ou foco: todas essas situações podem ser facilmente retrabalhadas pelo uso de espelhos, desde que eles estejam no lugar certo.

Calcule o efeito

Antes de mais nada, é preciso que todas as cores e texturas refletidas trabalhem em consonância com o esquema pensado para os interiores. Tenha em mente que espelhos de diferentes formatos têm diferentes funções: os verticais, em geral, são utilizados para ampliar a altura; os horizontais, a largura. Assim, ambientes com pé-direito alto acabam sendo mais valorizados por espelhos verticais. Já os mais compridos e com pé-direito baixo, pelos horizontais.

Além disso, apesar de evidente, é importante observar que espelhos duplicam tudo o que existe dentro ou fora dos ambientes, incluindo o que é indesejado. É o que acontece, por exemplo, quando colocamos um espelho em uma sala de jantar, frente a um grande lustre, o que pode deixar o espaço pesado demais e até comprometer sua visibilidade. Tudo muda, porém, se o ambiente dispor de uma peça mais discreta e for banhado por luz natural. O efeito pode ser totalmente outro: ampliar as condições de iluminação e ainda acrescentar um ponto de interesse a mais na decoração.

Assim, na maioria das vezes, pode parecer altamente tentador pendurar um espelho para preencher o espaço vazio de uma parede, mas é essencial verificar antes se ele estará refletindo algo que merece destaque. "Uma das piores coisas que podem acontecer é pendurar espelhos de forma aleatória pela casa, refletindo coisas indesejadas", afirma a arquiteta Shirlei Proença. "Espelho deve refletir a luz ou, ao menos, algo muito bonito", sugere.

Neste projeto, o espelho do banheiro cumpre dupla função, ajudando a distribuir a luz e também multiplicando o verde da janela Foto: Adobe Stock

Dicas

Ilusão de escala

Espelhos ajudam a refletir a luz solar em um espaço, fazendo com que ele pareça maior do que efetivamente é. Trata-se de uma maneira simples de fazer com que até áreas menores, como halls de entrada, lavabos e corredores, pareçam maiores, mas também pode funcionar em espaços difíceis de trabalhar, como salas pequenas. Revestindo paredes, espelhos podem fazer com que qualquer ambiente, seja ele estreito ou largo, pareça mais equilibrado. Outra dica, para sugerir um espaço maior e mais acolhedor, é instalar o espelho bem no alto da parede, com a parte de cima levemente inclinada para a frente. Isso fará com que reflita mais o espaço do que quando posicionado a 90 graus do chão.

Ponto focal

Em se tratando de espelhos avulsos e emoldurados, uma peça mais ousada pode definir a atmosfera de todo um ambiente. É o que ocorre, por exemplo, quando posicionamos um no centro de um hall de entrada ou adotamos um objeto de desenho singular sobre aparadores, penteadeiras, pias ou cubas. Outra possibilidade, quando o objetivo for dar destaque a uma peça delgada e alta, é apenas encostar o espelho, de forma inclinada e mais descompromissada, na parede. Porém, assegure-se de fazer fixação da peça no chão, para que ela não deslize.


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.