Publicidade
Esportes Esporte

Yuri 'Negueba', o talento do Santo Afonso convocado para a seleção gaúcha sub-15 de vôlei

O atleta do projeto social da Prefeitura, na Praça da Juventude, e também integrante da equipe da Sociedade Ginástica, foi convocado para a disputa do Campeonato Brasileiro

Por Matheus Beck
Última atualização: 13.02.2020 às 11:34

Capitão da equipe da Praça da Juventude, localizada no bairro Santo Afonso, Yuri "Negueba" comemora convocação à seleção gaúcha de vôlei na categoria sub-15 que viaja ao Rio Foto: Inézio Machado/GES
A exigência do técnico do projeto de vôlei na Praça da Juventude e também da Sociedade Ginástica, Eduardo Cardoso, nos treinos é grande. Dentro do grupo de atletas, algumas lideranças. Em meio às instruções, incentivos e chamadas de atenção, está Yuri Ribeiro Lima, 15 anos, conhecido como "Negueba". O capitão do time, reconhecido pela personalidade, é elogiado pelas evoluções técnicas. Yuri Negueba foi convocado para a seleção gaúcha sub-15 e, no dia 16 de março, disputará o Brasileiro de Estados no Rio de Janeiro.

Líder da equipe, ele também atua na Ginástica, é natural de Porto Alegre e chegou ao bairro Santo Afonso em 2016. Ex-residente da Restinga, Yuri contou sobre a vinda para Novo Hamburgo. "Vi que muitos amigos meus começaram a querer matar, roubar, aí fui me afastando. Quando a minha mãe falou que sairíamos, nem fiquei triste." Depois de perder pessoas próximas à criminalidade, Yuri, que chegou a ser goleiro do Inter, decidiu rumar ao vôlei e hoje é obcecado por viver da modalidade.

Determinação e foco do atleta de 15 anos chama atenção Foto: Inezio Machado/GES
"Em cada posição tenho um ídolo. Quando jogo de ponteiro é o Lucarelli (Taubaté-SP/seleção brasileira), na saída é o Wallace (Sesc-RJ/seleção brasileira), mas o Serginho (ex-líbero da seleção) é o que eu mais me inspiro, pois a história de vida é a mais parecida com a minha", falou o estudante que pretende também buscar um emprego para ajudar a mãe faxineira e o irmão que é caixa de supermercado.

Com horas extras para aprimorar fundamentos

Professor Cardoso, responsável pela lapidação do atual ponta da seleção gaúcha, valoriza o tempo dedicado pelo atleta. "É o mais focado. É o cara que sabe o que quer, não falta treino, cobra a galera. É o capitão da nossa equipe. O esporte dá uma força pra ele dar uma amadurecida. Um guri muito querido por todos, brincalhão, mas dentro de quadra ele é muito sério. Falei que fazia questão, até pra motivar os outros, que essa conquista fosse divulgada", comentou o orgulhoso técnico.

A seletiva, a ligação e os pulos de alegria

A primeira seletiva contou com 42 atletas em dezembro de 2019, 18 permaneceram para janeiro e, por fim, seguiram somente 15. Para a competição do Rio, foram escolhidos somente 11 e, dentre eles, Yuri Negueba. "Pulei de dentro de casa até o portão da frente e não acreditava. Minha mãe pulou comigo. Me ligaram, eu estava escutando música e disseram 'parabéns, Yuri'", relembra.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.