Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Crise do coronavírus

Ministro da Saúde diz que não deixará o cargo, apesar de declarações de Bolsonaro

Assessores de Mandetta afirmam que ministro não endossa publicamente o pronunciamento de Bolsonaro e quer se manter no discurso técnico

Última atualização: 25.03.2020 às 15:13

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: Marcos Corrêa/PR
Cercado de muitas especulações após os pronunciamentos do presidente Jair Bolsonaro, os assessores do ministro da Saúde afirma que ele não quer endossar o discurso de Bolsonaro e que quer se manter na linha técnica. As informações são do portal G1.

CONTEÚDO ABERTO | Leia todas as notícias sobre coronavírus

Na noite desta terça-feira (24), Bolsonaro fez um pronunciamento na rede nacional de TV aberta e rádio e se posicionou de maneira contrário ao que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, vinha orientando a população. Foi este pronunciamento causou toda a especulação referente a permanência do ministro. 

Ainda de acordo com a publicação do G1, perguntado se Bolsonaro pode tirar Mandetta caso não aceite a posição do ministro, de não endossar as novas posições do presidente, auxiliares de Mandetta afirmam que “isso depende da decisão de Bolsonaro”. Mas o ministro, reforçam, não sinalizou a assessores que pediria demissão.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.