Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Prorrogado

INSS mantém agências fechadas até pelo menos o dia 19 de junho

Usuários devem acessar o Meu INSS, pela Internet, ou o telefone 135 para conseguir atendimento

Por Agência Brasil
Última atualização: 22.05.2020 às 11:15

INSS mantém agências fechadas até, pelo menos, 19 de junho Foto: Arquivo ges
O atendimento remoto nas agências da Previdência Social aos segurados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi prorrogado até o dia 19 de junho. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (22) no Diário Oficial da União (DOU), por meio da Portaria Conjunta 17.

No dia 20 de março, outra portaria definia o atendimento remoto até o dia 30 de abril.

Segundo a Secretaria de Previdência do Ministério da Economia, a medida "visa a proteção da coletividade durante o período de enfrentamento da emergência em saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus".

Durante esse período, os casos que dependem de perícia médica serão analisados sem atendimento presencial. O segurado terá que anexar atestado médico pelo portal ou aplicativo. O Instituto vai antecipar parte do valor do benefício devido ao segurado. 

No Meu INSS estão disponíveis mais de 90 serviços, entre eles, o Cálculo de Contribuição em Atraso, apresentação de documentos como curatela e procuração. Anteriormente, essa atividade ocorria apenas de forma presencial.

O segurando pode ainda fazer de casa o pedido de antecipação do auxílio-doença e do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para os deficientes, transferir benefício para conta corrente, entre outros. Os usuários podem ainda resolver questões pelo telefone 135.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

TAGS: Economia
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.