Publicidade
Notícias | Região Novo Hamburgo

Preso por voltar a ameaçar Simone e Simaria quebra delegacia, agride policial, mas é solto

O homem voltou a atacar as irmãs, cobrando explicações sobre um suposta tentativa de homicídio

Por Suélen Schaumloeffel
Última atualização: 25.03.2020 às 21:30

Simone e Simaria: homem foi preso em novembro do ano passado por ameaçar a dupla Foto: Alexandre Macieira
O homem, que na semana passada voltou a ser preso por ameaçar a dupla sertaneja Simone e Simaria, foi solto pela Justiça, na última terça-feira (24). Desde a última quinta-feira (19), ele estava detido no xadrez da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Novo Hamburgo, após ser capturado novamente, desta vez no bairro Travessão, em Dois Irmãos. No período em que ficou detido da DPPA, o homem, de 46 anos, que fez ameaças de morte as cantoras, também ameaçou um policial civil, o agredindo e também quebrou a porta que dá acesso a sala de contenção da delegacia.

Porta destruída pelo preso durante tumulto na delegacia Foto: Reprodução
O homem, que não teve o nome divulgado, estava em liberdade condicional, após ser preso pela primeira vez, em Novo Hamburgo, em novembro do ano passado. Ele foi preso no bairro Boa Saúde, onde vivia com a família após a Justiça de Santana de Parnaíba, em São Paulo, onde o processo tramita, determinar a prisão. O homem voltou a atacar as irmãs, cobrando explicações sobre um suposta tentativa de homicídio. Para a polícia hamburguense, na época da primeira prisão ele disse que, em fevereiro de 1996, teria levado um tiro de espingarda pelas costas, em Campo Grande, no Mato Grosso e atribui o ataque à família das cantoras.

Confusão na delegacia

No dia seguinte a prisão, o homem causou confusão na delegacia onde permaneceu detido até a última terça-feira. O suspeito agrediu e ameaçou um policial civil, além de quebrar uma porta da delegacia. O acusado teria iniciado um tumulto dentro da cela onde estava e quando o policial civil plantonista foi tentar acalmá-lo, foi ameaçado e desacatado. O homem seguiu tumultuando o local, inclusive os demais presos que estavam na mesma cela. O mesmo policial optou então por retirá-lo desta cela e deixar o homem algemado no lado externo das delegacia, onde estavam os demais presos custodiados pela Brigada Militar.

Quando o agente, acompanhado de outro policial civil e um militar foi retirá-lo do local, o homem o agrediu. O suspeito tentou dar um soco no rosto da vítima, que conseguiu desviar do golpe, mas ficou lesionado no braço. Durante a confusão o homem ainda chutou a porta que dá acesso para a sala de contenção das celas, quebrando parte da estrutura. Uma ocorrência de dano qualificado, desacato e resistência foi registrada contra o preso.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.