Publicidade
Opinião Opinião

Novo Hamburgo precisa comemorar a confirmação da chegada da Havan

Por Nicolle Frapiccini
Última atualização: 08.11.2019 às 12:04

Havan na cidade de Brusque, em Santa Catarina Foto: Divulgação
A confirmação de que Novo Hamburgo receberá no próximo ano uma loja da rede catarinense Havan tem que ser comemorada. Não só pela geração de empregos que a unidade vai proporcionar, como também pelo retorno em imposto que o Município terá. O investimento de R$ 25 milhões coloca, mais uma vez, Novo Hamburgo como destaque na região, ao ser protagonista e referência para outras cidades quando o assunto é comércio.

E a chegada da badalada e disputada Havan, que deve ser erguida às margens de uma das rodovias que corta Novo Hamburgo, seja a BR-116 ou a RS-239, é uma grande notícia pelo fato de que vai impulsionar a retomada da economia hamburguense, que já dá alguns sinais de melhora com a abertura de diversos novos empreendimentos pela cidade. Além disso, um investimento desses, tem que sempre ser comemorado porque, além de injetar ânimo na economia, fortalece o círculo virtuoso com a geração de emprego – que deve chegar a 200 diretos, fora os indiretos que muitas vezes chegam a superar o valor dos diretos - , de renda e, consequentemente, de consumo.

Agora que já temos a confirmação, precisamos de celeridade no processo para que a operação, que deve ser erguida em um terreno de 20 mil metros quadrados, possa o quanto antes começar a operar e a trazer resultados positivos para a região. E boa vontade em relação a celeridade no processo a Prefeitura hamburguense já demonstrou, o que é muito importante.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.