Publicidade
Cotidiano | ABC Pra Você | Decoração Projeto

Uma clínica para se sentir em casa

O ambiente diferenciado e aconchegante, onde as mulheres representam a maior parte dos atendimentos, proporciona ao paciente sentir-se bem recebido e acolhido no consultório de 34 metros quadrados

Por Susi Mello
Publicado em: 23.02.2021 às 04:00

Ao procurar os serviços de uma clínica de fisioterapia, com alto grau de especialização, o paciente espera se sentir em casa. Foi essa diretriz que guiou o processo criativo do projeto do escritório Vivian Rossi Arquitetura e Interiores, de São Leopoldo.

O ambiente diferenciado e aconchegante, onde as mulheres representam a maior parte dos atendimentos, proporciona ao paciente sentir-se bem recebido e acolhido.

Dois pontos podem ser destacados na decoração do consultório de 34 metros quadrados. Um deles é o uso do piso vinílico amadeirado, material não muito comum de ser usado na decoração de consultórios, mas que resulta o aconchego.

E o outro ponto é o uso de dourados, conferindo um toque elegante e feminino. "Mesmo em um espaço enxuto, tivemos êxito no desafio de atender todas as demandas apresentadas pela nossa cliente", resume a arquiteta Vivian Rossi Blankenheim, responsável pelo projeto, que foi aprovado pela Vigilância Sanitária e está de acordo com as normativas vigentes da área da saúde.

O que foi realizado

Recepção

Balcão da recepcionista com infraestrutura necessária

Atrás do balcão: copa embutida em um armário com portas ripadas em sistema camarão que, quando fechadas, ocultam a copa e tornam-se o painel de fundo da recepção no qual está aplicado o letreiro da clínica

Cadeiras para pacientes em espera

Torre de marcenaria com filtro de água e máquina de café

Quadro com vulva abstrata estilizada traz de forma sutil e elegante a especialidade da clínica.

Parede

A divisão da recepção dos consultórios tem uma parede-painel em laca cinza. As portas-painel oferecem um visual discreto e elegante. A estrutura tem lã de pet em seu interior, garantindo o isolamento acústico entre os ambientes.

Lavabo

No lavabo foi utilizada uma das paredes como pano de fundo para dar dicas simples para pacientes. As frases foram escritas à mão por uma artista.

Piso

A opção foi pelo vinílico, por questão de agilidade e praticidade na obra. É que o vinílico pode ser aplicado por cima do antigo piso cerâmico, sem necessidade de sua remoção e a instalação é rápida e fácil.

A textura foi a amadeirada, fugindo dos pisos frios para clínicas e proporcionando um ar aconchegante ao ambiente, conferindo um toque "quente" e confortável ao pisar, já que as pacientes fazem exercícios de pés descalços.

Iluminação

Foram utilizados diferentes circuitos de luz para criação de cenários. Os ambientes possuem, além da luz difusa/principal para trabalho, a opção de luzes pontuais mais amenas, como sancas no gesso ou detalhes com fitas LED na marcenaria.

Cores

Madeira, cinza, pedra e detalhes em dourado.

Consultório

A mesinha de apoio, ao lado da cuba esculpida em mármore paraná, tem rodízios, facilitando a locomoção conforme a necessidade do atendimento. A parede espelhada, além de ampliar o ambiente e refletir a paisagem (janela na parede oposta), tem a funcionalidade de oferecer à paciente a possibilidade de se ver fazendo os exercícios.

Mármore

Os itens em mármore paraná (detalhes nos balcões da recepção e do lavabo, tampo da mesinha móvel e cuba do consultório) não são realmente mármore/pedra e sim porcelanato. Essa nova tecnologia, a porcelanataria, a arte de construir móveis e itens diversos com porcelanato, oferece ótimo custo-benefício.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.