Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Decoração Inspirações

Saiba quais são as tendências de cores para 2023

Catálogo elaborado pelas Tintas Killing apresenta uma inspiração captada por pesquisas sobre a América Latina

Por Da redação
Publicado em: 13.12.2022 às 06:00

Quais as tonalidades que deverão estar em alta no próximo ano, inspirando o décor de interiores?

Tendência de cores pata 2023

O lançamento do Catálogo de Tendências de Cores 2023 da Tintas Killing apresenta uma inspiração captada por pesquisas sobre a América Latina. O continente que pulsa riqueza cultural, paisagens belíssimas e interessante conexão entre os diferentes povos e suas relações com a natureza gera uma viagem sensorial selecionada em 6 localidades e seus aspectos únicos, além de reconhecimento global. O resultado do estudo aponta para pelo menos três cores de cada região citada, mais a Cor do Ano, totalizando 18 cores no catálogo.

"A experiência das equipes técnica e de pesquisa revela para 2023 a diversidade de tons possíveis a partir das formações que a própria Terra nos oferta, fazendo sentido a valorização da natureza, uma tendência de comportamento social e de consumo presente em vários segmentos industriais", pontua o gerente de Marketing da empresa, Guilherme Medaglia. Na avaliação dele, as 18 cores apontadas no trabalho compõem uma cartela emblemática em elegância e, ao mesmo tempo, livre para combinações inovadoras.

E, não por acaso, a viagem da inspiração para 2023 começa com o incrível arco-íris de Vinicunca, no Peru. Também conhecida como Montanha das Sete Cores, ela tem suas encostas e cumes decorados por franjas em tons intensos, resultado da oxidação de diferentes minerais. Trata-se de um dos espetáculos visuais mais interessantes do mundo, pois é uma formação de milhares de anos. Na sequência, estão os incríveis tons da Cataratas Ángel, na Venezuela. A fluidez das águas apresenta um toque a mais com cores que representam muita sofisticação.

Entra na pesquisa também o Salar de Uyuni, nos Andes, sudoeste da Bolívia, e seu imenso deserto de sal com nuances claras e uma supercuriosidade: por conta da sua enorme extensão (10 mil km²), o Salar é o único ponto brilhante natural que pode ser visto do espaço, auxiliando na calibração de satélites de observação da Terra. E veio do Chile, com o Deserto do Atacama, toda a gama de cores terrosas combinadas com um dos céus mais estrelados da América Latina.

Já o Brasil joga a inspiração para o cartão-postal do Nordeste brasileiro, os Lençóis Maranhenses. A mistura de tons arenosos e azulados cria uma atmosfera única, dando um novo fôlego para qualquer decoração. E, por fim, na Argentina, a Colina das Sete Cores revela que a mistura de diferentes pigmentos pode ser encorajada. É de lá que vêm os tons que transmitem confiança e nos convidam a sair do lugar-comum.

Uma proposta natural para evidenciar o meio ambiente

A empresa revelou a cor tendência do ano de 2023 como sendo a Earth Henna 108-6. Trata-se de uma ótima escolha para quem busca uma proposta natural, que deixa o meio ambiente em evidência. Além disso, é uma cor que transparece a riqueza e o calor da terra e das rochas, trazendo mais estabilidade e conforto para seus ambientes.

A Killing oferece o APP Smart Simulator, no qual é possível simular as cores que já são tendência para 2023 e muitas outras que fazem parte do leque de cores da marca. É rápido e fácil: basta tirar uma foto do ambiente que se deseja transformar, escolher a cor ou informar o código da cor desejada e visualizar a simulação da cor na imagem. O APP Smart Simulator está gratuitamente disponível na App Store e na Google Play.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.