Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Motores Lançamento

Segunda geração do Honda HR-V tem 4 versões

Vendas começam em 2 de agosto, mas preços ainda não foram divulgados pela montadora

Por Da redação
Publicado em: 01.07.2022 às 16:41

Totalmente renovado, o New HR-V começa a ser vendido em quatro pacotes de acabamento e duas motorizações. As versões EX Honda Sensing e EXL Honda Sensing são equipadas com o 1.5 DI i-VTEC Flex aspirado, enquanto a Advance e a Touring trazem o inédito 1.5 DI VTEC Turbo Flex. Para ambos, o câmbio é CVT, ajustado para atender às demandas dos novos motores. As informações foram divulgadas pela Honda nesta sexta-feira (1º).

Honda HR-V 2023

 

A EX e a EXL começam a ser vendidas em 2 de agosto, data em que ocorrerá o lançamento virtual do modelo para o público. A chegada da segunda geração às concessionárias está prevista para o final do mesmo mês. As vendas da Advance e da Touring começarão em outubro. Os preços serão divulgados no momento de início das vendas. A garantia é de 3 anos, sem limite de quilometragem.

Quanto ao estilo, na Advance e na Touring, a grade é composta por múltiplos elementos que parecem flutuar, ressaltando um caráter mais esportivo. Já a EX e a EXL têm grade com filetes horizontais. Outro elemento de diferenciação está nos faróis full LED (de série em todas as versões), que na Touring possuem acabamento cromado na moldura interna do bloco do facho alto, enquanto na EX, EXL e Advance, a moldura é preta.

Na traseira, todas as versões têm lanternas fumê com LED nas luzes de posição e freio. Elas são unidas por uma barra horizontal de LED que também cumpre a função de luz de posição e, exclusivamente na Touring, têm acabamento fumê. Abaixo estão a maçaneta da tampa do porta-malas, luzes de placa e câmera de ré. O resultado é uma superfície de estilo limpo, que enfatiza a linha de ombros alta das laterais. A tampa traseira oferece uma abertura alta, com linha inferior baixa para facilitar a colocação e retirada de objetos.

Três modelos de rodas

Honda HR-V 2023

São três opções de rodas, sempre em alumínio e aro 17”. Na EX e na Touring, são exclusivas, enquanto a EXL e a Advance compartilham o terceiro modelo. Outro detalhe do projeto é a baixa altura do capô, que favorece a visibilidade à frente, além de retratar o comportamento dinâmico. O deslocamento dos retrovisores externos para as portas – antes eram fixados junto à base das colunas A – também contribui para a melhora da visibilidade. Modelo tem 4,33 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,59 m de altura e 2,61 m de entre-eixos. Versões pesam entre 1.305 kg e 1.422 kg.

Honda Sensing é de série para todas as configurações

Honda HR-V 2023

Todas as versões trazem de série o Honda Sensing, pacote de tecnologias de segurança e assistência ao motorista que se baseia em imagens captadas por uma câmera de longo alcance e de visão grande angular (cerca de 100º) e de um microprocessador de imagem de alta capacidade. Conta com as seguintes funções: Controle de cruzeiro adaptativo (ACC), Sistema de frenagem para mitigação de colisão (CMBS), Assistência de permanência em faixa (LKAS), Sistema para mitigação de evasão de pista (RDM) e Ajuste automático de farol (AHB).

Uma novidade é o controle de descidas em rampas (HDC), que atua em superfícies de baixa aderência e mantém automaticamente a velocidade, permitindo ao motorista se concentrar no controle da direção, sendo desnecessário atuar nos pedais de freio ou acelerador. O sistema funciona entre 3 e 20 km/h.

Além disso, todas as configurações contam com seis air bags, assistente de estabilidade e tração (VSA), LaneWatch (assistente para redução de ponto cego por câmera no espelho retrovisor do lado do passageiro), assistente de partida em rampa (HSA), acionamento de luzes de emergência em frenagens severas (ESS), Isofix, alerta de baixa pressão dos pneus (TPMS), câmera de ré multivisão e sensores de estacionamento. Outra novidade é o myHonda Connect, inédita plataforma de conectividade da marca, disponível na Touring e na Advance.

O painel de instrumentos e a tela da central multimídia touchscreen de 8" foram posicionados de maneira a exigir um desvio mínimo do olhar, permitindo ao motorista concentrar seu foco na via.

Porta-malas pode ser aberto por sensor

Honda HR-V 2023

O modelo oferece o sistema Magic Seat de modularidade dos bancos.

Outra novidade é a abertura do porta-malas (com 354 litros) sem o uso das mãos, disponível na Touring. Basta simular um chute sob um dos sensores de movimento abaixo do para-choque traseiro para que a tampa abra automaticamente.

Além disso, o porta-malas também tem a função Walk Away Close, inédita na Honda, que permite a operação sem o uso das mãos na hora de retirar objetos grandes ou pesados. Antes de pegar a carga, o usuário aperta um botão na moldura inferior da tampa. Após retirar o objeto e se afastar do veículo, a tampa do porta-malas se fecha automaticamente. Ambas as funções só funcionam se o usuário estiver levando a chave consigo.

Fabricado na planta de Itirapina, São Paulo, o novo HR-V tem rigidez torcional da carroceria 10% maior na comparação com o HR-V anterior. O isolamento acústico também evoluiu por meio da adoção de material fonoabsorvente de maior eficiência, assim como de espuma expansiva de poliuretano em pontos ocos da estrutura.

Um motor 1.5 é turbo, outro aspirado

O modelo traz duas opções de motor flex. A EX e a EXL vêm com o motor quatro cilindros em linha aspirado, todo em alumínio, 1.5 litro 16V DI DOHC i-VTEC, sistema que varia a amplitude e duração da abertura das válvulas de admissão. O mesmo eixo comando de válvulas de admissão tem o VTC, que controla a sincronização, podendo variar (avançando ou retardando) a fase do comando de admissão.

Dotado de injeção direta de combustível, o motor 1.5 DI i-VTEC Flex tem potência máxima de 126 cv a 6.200 rpm, tanto com etanol como gasolina. O torque máximo é de 15,8 kgfm a 4.600 rpm (etanol) e 15,5 kgfm a 4.600 rpm (gasolina). Segundo o Inmetro, o 1.5 aspirado têm consumo na cidade de 8,8/12,7 km/l (etanol/gasolina) e, na estrada, de 9,8/13,9 km/l.

Na Advance e na Touring, traz um motor inédito: o quatro cilindros em linha 1.5 DI VTEC Turbo Flex. Totalmente em alumínio, conta com injeção direta de combustível. O câmbio CVT, de relação continuamente variável, simula sete marchas por meio das paddle shifts no volante (exclusivo das versões EXL, Advance e Touring). Os sistemas Step shift e EDDB são disponíveis em todas as versões.

Honda HR-V 2023


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.