Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | ABC Pra Você | Viver com saúde Saúde mental

É hora de retomar o seu equilíbrio

Organizar os pensamentos e perspectivas é fundamental neste momento; buscar ajuda quando necessário também!

Publicado em: 12.10.2021 às 06:15

O Dia Mundial da Saúde Mental, lembrado em 10 de outubro, traz um alerta para o ano todo sobre a importância de cuidar dessa vertente da saúde. Segundo pesquisa do Instituto Ipsos, encomendada pelo Fórum Econômico Mundial, 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito no último ano, devido à pandemia. A porcentagem só é maior em quatro países: Itália (54%), Hungria (56%), Chile (56%) e Turquia (61%).

Segundo o Instituto Ipsos, 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito no último ano, devido à pandemia
Segundo o Instituto Ipsos, 53% dos brasileiros declararam que seu bem-estar mental piorou um pouco ou muito no último ano, devido à pandemia Foto: Adobe Stock

Em março do ano passado, 41% dos brasileiros relatavam ter sintomas como ansiedade, insônia ou depressão por consequência da pandemia. Segundo a Fiocruz, em meados do ano passado, "sentimentos frequentes de tristeza e depressão afetavam 40% da população adulta brasileira".

E como resolver a questão e retomar o equilíbrio? Especialista comentam os caminhos para reassumir o controle e cuidar melhor da sua saúde emocional.

Entenda o que controla

Durante a pandemia, as pessoas sentiram que perderam o controle sobre suas vidas. "Neste momento de incertezas, tente basear suas escolhas em fontes confiáveis de informações e diretrizes, como instituições acadêmicas ou governamentais. Há decisões que não precisam ser tomadas com sofrimento, como voltar a trabalhar na empresa ou continuar em home office", diz a psicóloga Flávia Teixeira.

"No entanto, às vezes é necessário simplesmente reconhecer que há situações na vida que não podemos controlar. Se você está com dificuldade em aceitar esta realidade, há formas de lidar com suas preocupações. Escreva em um caderno o que vem à mente, como se fosse um diário. Isso torna seu pensamento mais lento, focado e eficiente, trazendo novas perspectivas e maior clareza para assimilar determinadas questões", reflete Stella Azulay, educadora parental.

Continue a reinvenção e respeite a sua retomada

Nunca fomos tão criativos como na quarentena! Haja imaginação para lidar com trabalho, filhos, estudos e afazeres domésticos! Se você passou no teste, por que não continuar?

"Se você descobriu algo interessante na quarentena que até te fez esquecer da pandemia por alguns instantes, não pare de praticar. Seja individual ou com alguém, realizar novas atividades mantém sua mente ativa e saudável", cita a psiquiatra Danielle Admoni.

Além disso, muitas pessoas ainda estão receosas de voltar ao "normal", mesmo com os devidos cuidados. "Se você é uma delas, seja qual for o seu medo, não se sinta pressionado a nada. Só não permita que este medo te domine e te impeça de retomar sua vida. Se chegar a este ponto, será preciso buscar ajuda de um médico", aconselha Cristiane Romano, doutora em Ciências e Expressividade.

Enquanto isso, volte à rotina em casa. Não troque o dia pela noite. A privação do sono também é um forte gatilho para os transtornos de ansiedade. "Quanto mais você praticar a rotina em casa, mais fácil será para retomar suas atividades de forma leve e natural, sem traumas", diz o psiquiatra Adiel Rios.


Quer receber notícias como esta e muitas outras diretamente em seu e-mail? Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.