Publicidade
Cotidiano | Entretenimento Wiskow

Quadrinista da região fez curta baseado em Hitchcock

Isolamento social inspirou quadrinista que mora em Nova Santa Rita a lançar curta baseado em Janela Indiscreta

Por Jeison Silva
Última atualização: 13.06.2020 às 11:50

Wiskow e sua obra Foto: Divulgação
"Fui o que menos sentiu esta quarentena, sou antissocial, fã de horror movies e moro há 12 anos num sítio em área rural de Nova Santa Rita", ironiza o tímido quadrinista e designer gráfico Emerson Wiskow, 48. O isolamento nem tão forçado foi a desculpa perfeita para mergulhar em projetos criativos e assistir a clássicos do cinema.

"Meu auge foram 15 filmes numa semana, revi Psicose (as três sequências, além do original de Hitchcock, de 1960)", conta. "Revi o Janela Indiscreta (1954) e percebi aquele lance do James Stewart não sair porque estava com a perna quebrada, ele passou a observar os vizinhos, é a metáfora do isolamento, o personagem passou a notar coisas."

A obra do mestre do suspense ficou fervilhando na mente de Wiskow e daí surgiu a animação "Quarentena", após três meses de trabalho. "Quarentena" tem seis minutos e pode ser visto no canal do artista no You Tube, o "Old Pirata".

Maldição do HD

Wiskow tem uma peculiaridade, entre o artesanal e o obsoleto: ou desenha a mão ou com um mouse tradicional. O computador que usa está longe de um Apple. "Troquei meu velho computador estes dias, mas por um pior que antes, queimou meu HD", brinca. "Perdi algumas animações quase concluídas, mas quero terminar uma sobre um romance zumbi na pandemia que vai se chamar 'Diário do fim do mundo'."

Wiskow já participou dos fanzines cult Osvaldonautas na capital e Van do Apocalipse, do RJ. Ilustrou para o Diário de Canoas por dois anos e tem um desenho no site oficial do escritor Pedro Juan Gutiérrez, autor de Trilogia Suja de Havana. "Sou fã de Hitchcock, ele foi o primeiro a trazer o serial killer para o cinema. E sem tecnologia."


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.