Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | Entretenimento SUCESSO NO YOUTUBE

Em entrevista exclusiva, youtuber Luccas Neto fala sobre carreira, polêmicas e seu trabalho para crianças

Celebridade da Internet se apresenta neste sábado em Novo Hamburgo com o show Luccas Neto e a Escola de Aventureiros, no Teatro da Feevale

Por Eduardo Amaral
Publicado em: 14.05.2022 às 03:00 Última atualização: 14.05.2022 às 14:42

Luccas Neto é uma das maiores celebridades brasileiras da Internet, juntamente com o irmão Felipe Neto. Com mais de 30 milhões de inscritos só no canal do YouTube, Luccas também está no centro de uma bem-sucedida marca multiplataforma, com livros, filmes e até brinquedos. Mas esse sucesso todo não veio sem algumas polêmicas. Este empreendedor, que se apresenta neste sábado em Novo Hamburgo com o show Luccas Neto e a Escola de Aventureiros, no Teatro da Feevale, fala sobre tudo isso em entrevista exclusiva.

Luccas Neto
Luccas Neto Foto: Guto Costa/Divulgação

O que o espetáculo Luccas Neto e a Escola de Aventureiros - O Musical vai apresentar e como ele se relaciona aos vídeos do Youtube?

Luccas Neto: O musical surgiu a partir da minha série no YouTube Os Aventureiros. É algo que as crianças gostam muito e se identificam, por isso resolvemos transformar a Escola De Aventureiros em um musical que roda por todo o país e também em turnê internacional, como em Portugal que estive a alguns meses atrás. Esse é um show para as crianças descobrirem como se tornarem um aventureiro de verdade. Então, junto com o aventureiro azul, meu personagem, estão os aprendizes de aventureiros: Rafa, Yuri, Mandy e Lais. Eles irão descobrir que, para realizar essa missão, é preciso passar por diversas tarefas e provar que tem um bom coração e que sempre irá fazer o bem para conquistar a sua pedra do poder. É super lúdico! Nosso objetivo é mostrar de forma didática a importância do amor, da amizade, da união e a até atitudes simples do dia a dia como o cuidado com a saúde bucal e o respeito ao próximo. O show é super indicado pra toda família se divertir juntos.

Uma questão interessante na sua carreira é que você não começou fazendo vídeos voltados às crianças, como e quando você viu esse público se interessar pelo seu trabalho?

Neto: Foi tudo muito natural. Assim que comecei a produzir conteúdo na internet, vi que as crianças se identificaram, foi uma motivação pra eu continuar produzindo, até que senti que precisava mudar os meus conteúdos e levar algo que fosse para agregar na vida deles. E por isso, comecei também a montar uma equipe com vários profissionais de diferentes áreas, entre eles estão alguns pedagogos que me auxiliam na expansão do conteúdo do que produzimos nos meus filmes, livros, produtos, músicas e shows. Somos um time que além do cuidado em levar entretenimento, magia e diversão, também se preocupa com as mensagens pedagógicas e com os valores familiares em cada nova história e aventura.

Com o crescimento das visualizações ao seu canal vieram também diversas polêmicas, com
críticas de pais e especialistas em educação. É possível notar que seu trabalho mudou com o tempo, isso se deu pelas críticas ou por você ter notado que atraia o público infantil?

Neto: Acredito que as críticas, desde que positivas podem ser fundamentais para a evolução profissional, como foi o meu caso. E apesar delas, eu já havia notado esse interesse pelas crianças no meu conteúdo. Sei que produzir para o público infantil é uma enorme responsabilidade, por isso, assim que me dei conta da enorme influência que eu tinha, eu parei e pensei: vou ter que mudar tudo. Hoje, me comunicando com as crianças, para fazer um trabalho responsável e bem feito, o entretenimento precisa caminhar junto com mensagens positivas, ensinamentos, responsabilidade e sonhos. Fico muito feliz ao perceber a identificação que elas tem com os personagens.

Como foi pensada essa mudança de conteúdo?

Neto: Como eu disse, conforme os vídeos foram ganhando maior alcance percebi que era necessário ter esse cuidado em levar o que fazemos com ainda mais credibilidade e responsabilidade, então montei a minha empresa e contratei uma equipe ampla de profissionais especializados, que hoje já são mais de 120 pessoas. Eles me auxiliam no direcionamento adequado com tudo o que produzimos e lançamos, especialmente com o time de pedagogos que temos na equipe. Tudo o que criamos e fazemos passa por um direcionamento deles.

Você tem 30 anos, é de uma geração que viu a programação infantil mudar na TV aberta. Ainda assim, alguma coisa do que foi produzido ao longo da sua infância ainda lhe influencia?

Neto: Sim! eu me inspiro muito nas criações do Walt Disney e também a Xuxa, que foram personalidades que sempre tiveram um cuidado no trabalho com as crianças e em levar mensagens positivas e com muita magia. Algo legal também que a Xuxa e Os Trapalhões (outra super referência) em todo período de férias sempre lançavam um filme novo deles para as crianças que já ficavam na expectativa ao lado de seus pais esperando qual seria a nova história da vez. Isso se perdeu com o tempo e é algo que estou buscando trazer de volta com os lançamentos dos meus filmes.

Uma alteração importante é que diferente dos anos 90 e mesmo início dos 2000, a programação infantil na internet não se restringe a um horário. Como você acha que os pais têm lidado com essa exposição das crianças às telas?

Neto: De fato, com a internet cada dia mais presente nas nossas vidas, estamos expostos a milhares de conteúdos a um clique e as crianças têm passado a fazer parte desse universo cada vez mais cedo. E, acredito que desde que o contato com as telas seja saudável para a saúde e o desenvolvimento infantil, sempre com a supervisão dos pais, é valido. Falo muito sobre a responsabilidade de produzir conteúdo para os pequenos porque entendo que o cérebro delas é como uma espoja, que recebe estímulos que moldam o seu comportamento e a sua personalidade, por isso que todos os meus conteúdos têm sempre a proposta de divertir de maneira lúdica, mas também ensinar ao mesmo tempo. Eu sou pai e isso traz um olhar ainda mais intenso a respeito de tudo isso. Esse é um dos motivos pelo qual criei o Luccas Toon Kids, que é um canal exclusivo e direcionado ao público da primeira infância que colabora com o desenvolvimento saudável e serve também como apoio aos pais.

Mais recentemente houve uma polêmica no mínimo interessante, que foram os portugueses incomodados por você estar ensinando “brasileiro” às crianças portuguesas. Como você viu essa situação?

Neto: Bom, um dos principais pilares do meu trabalho é a responsabilidade. Por isso conto com uma equipe de educadores e além disso, absorvo todos os comentários com muito respeito e atenção, sempre me colocando atento ao diálogo, como foi nesse caso. Eu amo o público português, que inclusive me recebeu muito bem na turnê de shows que realizei em novembro do ano passado por lá e também na minha participação na Comic Con Portugal. E, sempre recebo muitas mensagens das crianças e de seus familiares nas redes sociais, de forma carinhosa. Eu e minha equipe ficamos sempre atentos a toda essa movimentação, pois um dos nossos focos é fazer com que nosso conteúdo sirva como suporte aos pais das crianças. E com esse objetivo entramos no processo de dublagem dos próximos conteúdos do meu canal e também tradução de livros. Queremos atender todo o público que curte e acompanha nosso trabalho e assim seguir expandindo a marca internacionalmente.

Recentemente você lançou O Incrível diário de Luccas Neto, e em entrevista você disse que a ideia é fazer conhecer o universo dos livros. Como a obra é construída nesse sentido e por que você acha importante esse acesso aos livros?

Neto: A obra foi construída com o intuito de ajudar a criança a desenvolver e exercitar sua imaginação e criatividade, o objetivo é ensinar e divertir ao mesmo tempo, estimulando a criança a ir colocando ali no diário o seu dia a dia, os seus gostos pessoais, a como cuidar da organização da rotina e das tarefas, e também há páginas para compartilhar preferências, como filme favorito e time do coração. Além de aprender sobre alimentação saudável e a importância de praticar esportes, por exemplo. Acho muito importante esse acesso aos livros desde criança porque eles realmente trazem benefícios incríveis pro desenvolvimento infantil, como o desenvolvimento da linguagem, ampliação de vocabulário, a criatividade e descoberta do mundo imaginário, além de ensinar. 

 

 

A trajetória

Em 2010 Luccas Neto começou a trabalhar no canal do irmão Felipe no canal Não Faz Sentido. Passaram-se quatro anos e ele começou voo solo com o canal Hater Sincero, que seguia a mesma linha do canal do irmão, com críticas ácidas e um tom mais polêmico. Porém, ali já atraia atenção infantil.

Em 2017 ele então começou a apostar de vez no público infantil com o canal Loccas Toon, no qual o estilo de vídeos já era diferente, mas ainda causava polêmica. Focado em consumo de alimentos, muitas vezes industrializados ou carregados de açúcar, e testando diversos brinquedos, ele seguiu sendo alvo de críticas de pedagogos e outros pessoas preocupadas com o conteúdo voltado às crianças. Em 2018 ele mudou totalmente a linha editorial dos vídeos, e começou a produzir conteúdos mais educativos, contratou especialistas e seu nome se tornou uma das marcas mais fortes da atualidade, com produtos que vendem milhões anualmente.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.