Publicidade
Botão de Assistente virtual
Cotidiano | Turismo TURISMO

Brasil destaca seus roteiros rurais

Interior em alta em projeto do Ministério do Turismo

Por Redação
Publicado em: 21.05.2022 às 03:00 Última atualização: 21.05.2022 às 14:42

O Ministério do Turismo divulgou o resultado final da seleção dos roteiros que vão participar da 2ª edição do projeto Experiências do Brasil Rural. São sete rotas que ganham apoio para fomentar o desenvolvimento do turismo no campo.

Serra de Guaramiranga, no Ceará, faz parte de um dos roteiros em destaque
Serra de Guaramiranga, no Ceará, faz parte de um dos roteiros em destaque Foto: Adobe Stock
Os roteiros, ligados às cadeias agroalimentares do café, da cachaça, da farinha de mandioca e do mel, são o Caminhos de Dona Francisca, de Santa Catarina; a Rota do Engenho e a Rota Caminhos de Itabaiana, de Sergipe; a Rota Verde do Café, do Ceará; a Rota Turística do Café, o Roteiro do Café e do Vinho e a rota Do Genoma à Xícara, os três últimos de São Paulo.

O projeto tem como objetivo fomentar a estruturação de destinos e empreendimentos da agricultura familiar associados ao turismo, a partir da capacitação de empresários e produtores rurais com vistas à oferta de experiências aos visitantes. Ao final, os participantes recebem suporte para inserir produtos e serviços no mercado turístico, como em bares, restaurantes, meios de hospedagem e lojas de artesanato.

Perfis

Entre os destaques, o roteiro Caminhos de Dona Francisca, de Joinville (SC), é ligado às cadeias produtivas associadas da cachaça e do mel. Oferece paisagens bucólicas de serra e propriedades com belos jardins. No trajeto, paradas para a compra de bebidas, artesanato típico, flores, plantas, produtos coloniais, frutas e delícias da gastronomia alemã. A rota permite contemplar o caminho da Estrada Dona Francisca (SC-418) e as belezas exuberantes da Serra do Mar.

No Ceará, a Rota Verde do Café é baseada nas cidades de Guaramiranga e Mulungu (CE), passando pelas cadeias produtivas do café e da farinha de mandioca. O roteiro se insere na região do Maciço de Baturité, que abriga uma área de proteção ambiental com 32.690 hectares. É a morada do chamado "Café de Sombra', cultivado à sombra da mata serrana, o que confere ao solo local muitos nutrientes.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.