Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes NAS REDES SOCIAIS

Luva de Pedreiro mostra casa nova e alfineta ex-empresário: 'Não vão me calar'

O jovem compartilhou o momento em sua conta no Instagram nesta segunda-feira

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 04.07.2022 às 15:30 Última atualização: 04.07.2022 às 16:57

O Luva de Pedreiro, enfim, tem uma nova casa. Mais de três meses após fazer sucesso mundial nas redes sociais com vídeos irreverentes, o influenciador digital Iran Ferreira deixou a antiga residência humilde na cidade de Quijingue, na Bahia, e se mudou para uma casa maior, luxuosa e com vista para o mar no litoral sul de Pernambuco. O jovem compartilhou o momento em sua conta no Instagram nesta segunda-feira e alfinetou o ex-empresário, Allan Jesus, com quem tem desavenças. Hoje, ele é agenciado pelo ex-jogador de futsal Falcão.

Ele fez uma postagem nesta segunda-feira
Ele fez uma postagem nesta segunda-feira Foto: Instagram/Reprodução

"Graças a Deus, pai. Na minha nova casa só existe uma regra: liberdade. E daqui pra frente ninguém mais vai me calar! Hoje estou podendo dar conforto para os meus pais, retribuir a luta deles de todos esses anos de batalha…Obrigado pelo apoio de todos durante esses dias difíceis, vocês são minha tropa, fazem parte de todas as minhas conquistas e sempre vão fazer, sem vocês o cara da Luva de Pedreiro não existe. Jamais vão calar nossa voz, somos incaláveis. RECEBA!", escreveu o Luva de Pedreiro.

No domingo, a juíza Maria Cristina de Brito Lima, do Rio de Janeiro, impediu a veiculação de informações sobre a polêmica entre Luva de Pedreiro (Iran Ferreira), e Allan Jesus, ex-empresário do influenciador, no Fantástico, da TV Globo, e no Domingo Espetacular, na Rede Record. A liminar concedida ao ex-agente do influencer esportista proíbe as emissoras de divulgarem informações sigilosas do contrato entre os dois ou façam qualquer manifestação que fomente discurso de ódio contra Allan.

As duas reportagens foram ao ar neste domingo, dia 4, com edições após a decisão na primeira instância. A apresentadora Poliana Brito, da Globo, informou que a emissora foi notificada sobre a liminar na última sexta-feira, dia 2, portanto, antes de a reportagem ser divulgada, e ressaltou que a TV Globo não compactua com discurso de ódio. Isso porque usuários da internet têm feito ameaças contra a vida de Allan e de sua família.

LUVA DE PEDREIRO X ALLAN JESUS: ENTENDA O CASO

O mês de junho foi complicado na relação entre Luva de Pedreiro e o agora seu ex-empresário Allan Jesus. As duas partes estão em conflito por questões financeiras. No dia 20 de junho, Iran Ferreira, com mais de 15 milhões de seguidores no Instagram, anunciou que iria paralisar a produção dos vídeos. Ele não estaria sendo pago.

Com cerca de 30 milhões de seguidores nas redes sociais, Luva de Pedreiro terminou a relação com o empresário Allan Jesus após ambos entrarem em rota de colisão por questões financeiras. Apesar de ter fechado acordos milionários, com empresas como a Amazon e a Pepsi, o influenciador teria na conta corrente somente R$ 7,5 mil. O agente negou irregularidades e afirmou que alguns pagamentos a seu cliente estão programados para o mês de julho e que o montante a ser recebido chegaria a R$ 2 milhões.

Allan Jesus anunciou recentemente que contratou uma perícia para auditar recibos e notas bancárias do que foi investido na parceria com o influenciador, com quem sua empresa possui contrato até 2026. Segundo ele, cerca de R$ 200 mil foram gastos com "despesas do projeto e despesas pessoais do próprio Iran". A empresa de Allan, a ASJ Consultoria, afirma ainda que a rescisão com o influenciador não foi comunicada formalmente. "A única coisa que temos são indícios espalhados pela internet de um suposto novo agenciamento, o que poderia configurar quebra de exclusividade", informou em nota.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.