Publicidade
Esportes | Novo Hamburgo Promessa paga

Anilados foram a pé do Vale até a estátua do Laçador

No sábado, dia do aniversário de 110 anos do Noia, torcedores percorreram trajeto até o monumento em Porto Alegre

Por Joceline Silveira
Publicado em: 02.05.2021 às 18:24 Última atualização: 03.05.2021 às 08:24

"Caminhada da permanência" ocorreu no sábado do Estádio do Vale até o Laçador Foto: Joceline Silveira/GES-Especial
Pode parecer loucura para uma pessoa qualquer. Mas há quem entenda Bruno Mário Campani Fehse. Afinal de contas, não pagar uma promessa pode trazer maus agouros no futuro. E o torcedor anilado é homem de honrar o que promete, só ver as carreatas, que junto com amigos, também torcedores do Esporte Clube Novo Hamburgo, organizou durante toda primeira fase do Campeonato Gaúcho deste ano. Mas o corretor de seguros de 54 anos foi como o título de campeão do Gauchão de 2017 e não viu fronteiras.

Torcedores anilados na chegada em Porto Alegre Foto: Arquivo Pessoal
Resolveu ir fazer uma visita ao Monumento ao Laçador em Porto Alegre. A pé, por cerca de 40 quilômetros. "Me comprometi quando o Anilado estava na zona do rebaixamento. Estávamos em uma conversa com outros torcedores, aí um monte de gente desacreditando no time e eu apostei, queria demonstrar para o time que acreditava na permanência na Série A. Falei: 'Se o Novo Hamburgo não cair eu vou até Porto Alegre, a pé'", relembra Fehse.

Foram cerca de oito horas de caminhada do ex-presidente do Noia, mais precisamente desde o Estádio do Vale até a zona Norte da capital. O torcedor saiu as 8 horas, no sábado, 1º de maio - data em que o clube completou 110 anos -, da casa anilada, acompanhado de três amigos Luis Henrique Brusius Filho, 36, Walmor Luiz Fernandes, 56, e Claudio Muller, 54, com o destino traçado ao Monumento ao Laçador. "Amigos na boa e na ruim né? A gente foi junto pra comprovar que ele cumpriria a promessa. Porque promessa é coisa séria", brinca Muller, o torcedor mais "jovem" do quarteto. Além deles, o ex-presidente anilado e pai de Bruno, Marcos Fehse, foi de carro à capital e esperou o filho e os amigos.


Noia escapou do Acesso

O Novo Hamburgo escapou do rebaixamento à Divisão de Acesso e finalizou sua passagem pelo Gauchão em 10º lugar, com nove pontos. Após perder por 3 a 1 para o São José, no Estádio do Vale, o Anilado só escapou da Segundona porque o Esportivo foi goleado por 5 a 0 pelo Inter e o Pelotas empatou por 1 a 1 com o Caxias.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.