Publicidade
Botão de Assistente virtual
Esportes | Novo Hamburgo CLASSIFICADO

Anilado goleia e avança às semifinais da Copa FGF

Para chegar à final do Troféu Dirceu de Castro, o Novo Hamburgo terá de superar o rival Aimoré

Por Jauri Belmonte
Publicado em: 24.11.2021 às 22:55

Com a presença do torcedor no Estádio do Vale, o Anilado foi superior e goleou o Bagé: 4 a 1. O jogo desta quarta-feira (24) foi válido pela volta das quartas de final da Copa FGF. Garantido na semifinal, o Noia terá pela frente o rival Aimoré. A primeira partida será domingo, às 17 horas, no Estádio Cristo Rei.

Contra o Bagé, Luan Santos abriu a contagem e chegou a sete gols na Copa FGF
Contra o Bagé, Luan Santos abriu a contagem e chegou a sete gols na Copa FGF Foto: Diego da Rosa/GES

Depois do 1 a 1 no jogo de ida, Noia e Bagé buscavam somente a vitória, já que um empate levaria a partida para os pênaltis. Para essa partida, Edinho optou por duas alterações no time titular: Barbieri e Felipe Guedes iniciaram como titulares nas vagas de Camargo e Michel Renner.

Com marcação intensa, o Noia criava mais, mas era ineficiente. Aos 22 minutos, Kaio cruzou na área e Luan Santos, de cabeça, marcou o gol do Noia: 1 a 0. Foi o sétimo gol do artilheiro anilado no Troféu Dirceu de Castro.

Mas a alegria do torcedor durou pouco. Aos 25min, o Bagé foi ao ataque e empatou após desvio de Cris Magno, dentro da pequena área.

No segundo tempo, logo aos 4min, Bustamante soltou um foguete que rebateu na defesa do jalde-negro e, na sobra, Timbó teve tempo para dominar e finalizar, botando o Noia na frente: 2 a 1. Melhor na partida, o Novo Hamburgo não estava satisfeito com o resultado e marcou mais duas vezes com Felipe Guedes.

Aos 46min, o camisa 7 arrematou com o pé esquerdo de fora da área e levou a torcida ao delírio. Aos 50min, após escanteio, ele desviou e deu números finais ao placar: 4 a 1.

 

Mais um clássico

Mais uma vez, o Anilado enfrenta o Índio Capilé nesta temporada. Já foram três confrontos em 2021. No Campeonato Gaúcho, o Aimoré levou a melhor sobre o Novo Hamburgo com um 2 a 0, no Estádio Cristo Rei. Já pelo Troféu Dirceu de Castro, no primeiro turno, as equipes empataram em 0 a 0, em São Leopoldo, e no segundo turno, no Estádio do Vale, vitória do Noia, por 1 a 0. Na história, são 96 Clássicos, com 40 vitórias do Novo Hamburgo, 21 triunfos do Aimoré e 35 empates. O Noia tem 126 gols marcados contra 98 do Capilé.

O jogo

Quarta-feira / Estádio do Vale, Novo Hamburgo.

Árbitro: Marco Aurélio Magalhães, auxiliado por Fabrício Bassegio e Diego da Rosa.

Novo Hamburgo 4

Maticoli; Barbieri, Micael, Kesley (Islan) e Higor; Gabriel, Kaio (Michel Renner) e Júnior Timbó (Marcio Jonatan); Bustamante (Caubi), Felipe Guedes e Luan Santos (Lunna). Técnico: Edinho Rosa.

Bagé 1

Victor Brasil; Bruno Moura, Galo, Gustavo Rambo e Bruno Barbosa; Obina (Michel), Jonson, Ramon (Tigarrô); Cris Magno, Pablo e Fabricio (Vitor Baiano). Técnico: Pedro Sabella.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.