Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Para tentar frear a Covid-19

São Leopoldo terá protocolos de bandeira preta a partir desta quarta

Prefeito também mencionou toque de recolher a partir das 20 horas. Detalhamento das novas regras será divulgado nesta terça-feira, quando deve sair novo decreto

Por Priscila Carvalho
Publicado em: 22.02.2021 às 21:05 Última atualização: 23.02.2021 às 08:37

Após mais de três horas de reunião com o Comitê de Atenção ao Coronavírus, o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, disse que a cidade seguirá os protocolos de bandeira preta do modelo de Distanciamento Controlado. A decisão foi anunciada pelo gestor em live transmitida pelas redes sociais oficiais da Prefeitura, no início da noite desta segunda-feira (22).

Entretanto, Vanazzi ponderou que novas reuniões com os setores econômicos devem acontecer nesta terça (23), para definição das medidas restritivas em cada área, e que, o detalhamento das novas regras será anunciado em decreto publicado também nesta terça e que passa a valer a partir da quarta-feira (24). “Vamos fazer um diálogo com todos os setores econômicos para reduzir em até 70% a circulação de pessoas na nossa cidade”, colocou o prefeito.

Nesta terça, uma nova transmissão ao vivo deve ser feita, às 19 horas, para esclarecer todas as novas medidas que estarão no decreto municipal.

Toque de recolher

O prefeito citou ainda que, a partir de quarta-feira, São Leopoldo terá “toque de recolher”, com a suspensão de todas as atividades a partir das 20 horas, inclusive supermercados. “Pra que a gente possa reduzir a circulação das pessoas e recuperar o controle da política pública sobre o contágio e sobre a contaminação e ter, minimamente, condições de atender as pessoas que precisam de leito no Hospital Centenário”, disse, Vanazzi.

Mais cedo, o governador Eduardo Leite também já havia citado a decisão de suspensão de atividades a partir das 20 horas, já a partir desta terça.

Hospital Centenário com UTI Covid-19 lotada

Com todos os 18 leitos ocupados por pacientes do município e cidades vizinhas, a direção do Hospital Centenário, de São Leopoldo, informou que a UTI Covid está operando com capacidade máxima desde a manhã desta segunda-feira (22).

Conforme a assessoria de imprensa da casa de saúde, a ocupação no local vinha se mantendo entre 70 e 80% nos últimos dias, chegando a 100% esta manhã. Dos 18 respiradores instalados – um para cada leito de UTI –, 16 estão em uso neste momento. Ainda segundo a instituição, 17 dos 23 leitos clínicos estão ocupados atualmente.

De acordo com a presidente do hospital, Lilian Silva, o aumento dos números e a gravidade dos casos é um sinal de alerta para a instituição e, principalmente, para a população que deve manter as regras de distanciamento social. 


Receba notícias diretamente em seu e-mail! Clique aqui e inscreva-se gratuitamente na nossa newsletter.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.