Publicidade
Notícias | Especial Coronavírus Novo Hamburgo

'Nos próximos dias, por favor, só saia se for realmente necessário', pede prefeita Fatima Daudt

Novo Hamburgo vai aderir ao modelo de cogestão, ou seja, entra em bandeira preta mas com regras da bandeira vermelha

Publicado em: 22.02.2021 às 21:00 Última atualização: 22.02.2021 às 21:11

Fatima Daudt, prefeita de Novo Hamburgo Foto: Facebook / Reprodução
A prefeita de Novo Hamburgo, Fatima Daudt (PSDB), fez um apelo à população na noite desta segunda-feira (22) para que evite aglomerações no que é o pior momento da pandemia no Rio Grande do Sul. "Nos próximos dias, por favor, fique em casa. Só saia se for realmente necessário", pediu, alertando que as próximas semanas tendem a ser mais complicadas do que os piores momentos de 2020. "Não podemos permitir aglomerações. Temos que falar com o próximo, alertar as pessoas. Precisam ver que muitos estão morrendo e outros tantos morrerão. A gente precisa se cuidar", pediu.

Nesta terça-feira a cidade e a região do Vale do Sinos entram em bandeira preta com regras da bandeira vermelha do Plano de Distanciamento Controlado do Governo do Estado. Até então a chamada Região 7 estava em bandeira vermelha, mas com regra de bandeira laranja. Na prática o comércio e o setor de serviços podem funcionar, mas com algumas restrições de ocupação nos espaços. Se fossem adotadas as regras da bandeira preta, shoppings e lojas de rua teriam que fechar as portas.

A partir da terça-feira (23) a principal mudança será mesmo a ampliação do horário de restrições de atividades noturnas, que passa para entre 20 horas e 5 horas. Até esta segunda-feira pode haver atendimento ao público em lojas, shoppings, restaurantes, mercados e até mesmo igrejas até as 22 horas. "A partir desta terça-feira quase tudo terá que fechar às 20 horas. Não é toque de recolher, mas é uma forte restrição de atividades. Isso vai facilitar a fiscalização. O que não é essencial e estiver aberto depois das 20 horas, será fiscalizado", avisa a prefeita.


Mais praticidade no seu dia a dia: clique aqui para receber gratuitamente notícias diretamente em seu e-mail!

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.