Publicidade

Hoje, estes são os nomes na briga pela Prefeitura de Novo Hamburgo

Daqui um ano, hamburguenses voltam às urnas Reportagem: João Víctor Torres

Nesta efervescência, lideranças começam a definir caminhos e a escolher com quem pretendem formar eventuais alianças. Consequentemente, nomes começam a aparecer. Em Novo Hamburgo, três figuras de peso confirmam intenção de disputar o cargo mais desejado do Município e já se colocam como pré-candidatos.

A atual prefeita Fatima Daudt (PSDB) diz que deve tentar a reeleição. Como maior desafio até lá, terá que manter consigo a base, em especial, o MDB e o PTB. Tarcísio Zimmermann, ex-prefeito de Novo Hamburgo, teve a pré-candidatura homologada pelo PT. E Patrícia Beck (PP) pretende ingressar pela primeira vez numa disputa ao Executivo.

Essa trinca de partidos disputou a eleição passada vencida por Fátima e, com isso, tentam manter o protagonismo da disputa eleitoral. Em fase de estruturação na cidade, o PSL - legenda do presidente Jair Bolsonaro - assegura que a orientação nacional é lançar candidatura ao Centro Administrativo Leopoldo Petry. A figura que desponta internamente é o delegado Rodrigo Zucco, que preside a sigla bolsonarista em nível municipal, e afirma ter recebido convites para concorrer. Só que, até agora, não admite a pré-candidatura.


AGORA É A HORA

Segundo o mestre em Ciências Sociais Maikio Barreto Guimarães, o tempo no universo eleitoral segue outro rito. "Mesmo um ano antes, o partido que consiga garantir aliança com outras legendas sairá em vantagem. Pelo que temos observado nas últimas eleições, quem se enrola e demora para coligar acaba tendo dificuldades depois. E isso pode ter consequências na campanha", observa.

De acordo com Guimarães, a fase atual do jogo político é de "medir a temperatura" e a divide em dois pontos. Segundo ele, para os pré-candidatos o mais importante é a garantia de apoio interno. Depois, vencida esta etapa, o passo seguinte é atrair alianças e formar coligações para os cargos majoritários, no caso, de prefeito e vice.

É o momento do candidato colocar o seu bloco na rua e ver se outras pessoas vão segui-lo e, com isso, ver se a sua candidatura tem chance de sair do papel

Fatima Daudt

Fatima Daudt, prefeita de Novo Hamburgo Foto: Juarez Machado/GES

Reeleição neste momento, é discutida dentro do partido


Patrícia Beck

Patrícia Beck ingressou no PP para disputar a Prefeitura hamburguense Foto: Fotos Juarez Machado/GES

Começamos a montar grupos estratégicos para elaborar o plano de governo

Delegado Rodrigo Zucco

Delegado Rodrigo Zucco, presidente do PSL, surge como possibilidade Foto: Juarez Machado/GES
Fico feliz que meu nome tenha sido lembrado

Tarcísio Zimmermann

Tarcísio Zimmermann teve sua pré-candidatura já homologada pelo PT Foto: Juarez Machado/GES

O PT tem uma decisão de Diretório homologando minha pré-candidatura

Capital político que interessa aos partidos

Guimarães lembra que o Município possui grande prestígio no universo político e tem uma das prefeituras mais disputadas na região metropolitana de Porto Alegre. "Neste contexto, vai o destaque para Novo Hamburgo, que é uma cidade que tem um protagonismo político muito grande. Sempre, com alguma frequência, tem um representante na Assembleia Legislativa ou na Câmara dos Deputados", exemplifica o especialista. Ainda dentro disso, ressalta que, "sem dúvida, é um município que tem um peso significativo no Estado e capital político representativo e há sempre essa curiosidade: qual é o caminho a ser seguido e qual a legenda que vai demonstrar força para garantir a vitória", completa.

 

Demais partidos pensam na eleição

- MDB ainda vai decidir seus rumos

A partir de 2020, os emedebistas decidem se indicam eventual vice de Fatima ou deixam o governo tucano

- PTB sonha emplacar um vice para Fatima

Naasom Luciano, secretário municipal de Saúde, é pré-candidato do partido a vice-prefeito na chapa liderada pelo PSDB


- PSD 100% fechado com os tucanos

A afirmação é de Betinho dos Reis, secretário da Fazenda de Novo Hamburgo, e presidente do partido. PSD não vai deixar a aliança.

- PSB também ficará na base do governo

Socialistas não cogitam lançar candidatura à Prefeitura, pois estão fechados com Fatima. Foco é a Câmara

- Avante com Fatima pela reeleição

Partido assegura lealdade à prefeita e trabalha apenas na estruturação de legenda para a vereança.

- DEM pode apostar suas fichas em Aírton

Presidente do partido na cidade, o ex-prefeito Aírton dos Santos garante que a sigla lançará candidato e cogita concorrer.

- Cidadania em fase de reestruturação

Após expulsão de Patrícia Beck em julho, a legenda trabalha para se estruturar e conseguir alcançar uma cadeira na Câmara de Vereadores

- PL vai dialogar bastante antes de fechar coligação

Presidente do partido, Ricardo Ritter, diz que pode lançar candidato a prefeito, mas não fecha portas às alianças.

- Podemos analisa cenário eleitoral no município

Assim como o PL, o Podemos tem cautela para sacramentar seu apoio nas próximas eleições. Vai conversar.

- PRB está mais próximo de Patrícia Beck

Os republicanos já realizaram três reuniões com a pré-candidata do PP. Porém, também abriram negociação com a prefeita Fatima.

- Roque Serpa é o nome e a aposta do PSC

Vice-prefeito na gestão Luís Lauermann, Roque Serpa pode ser a aposta do partido numa eventual candidatura ao Executivo em 2020.

- PTC quer lançar advogado como pré-candidato

O partido convidou Jocelino Mattos para a disputa eleitoral, mas o advogado ainda não definiu seu futuro.

- Solidariedade aguarda posição estadual

Na próxima semana, lideranças locais conversam com a direção estadual para definir os rumos para o pleito.

- Rede próxima de ser extinta em Novo Hamburgo

Os dois vereadores do partido devem deixar a sigla e, atualmente, há incerteza sobre a continuidade da Rede na cidade.

- PDT está entre encarar a eleição e coligar

O partido já governou a cidade pelo período de oito anos e poderá lançar candidatura, mas a tendência é apostar numa aliança.

- PCdoB tem dois pré-candidatos na sua lista

Na convenção marcada para 9 de novembro, o partido promete anunciar um pré-candidato à Prefeitura.


- PSol apresenta projeto de esquerda

O foco é lançar um pré-candidato à Prefeitura e o partido trabalha internamente na escolha de um nome.

 

- Pros promete brigar pela Prefeitura

Convicta, a sigla garante que anunciará em breve seu pré-candidato ao Executivo. O nome já está escolhido e a formalização sai dia 8.

 
- Novo não deve contar com candidatura

No dia 12, o Novo define quais serão as suas cidades prioritárias. Inicialmente, Novo Hamburgo não figura entre elas.

- Ritzel analisa o cenário político e quer cooperar

Segundo colocado na eleição passada, ex-prefeito Paulo Ritzel foi expulso do MDB. Admite sondagem do DEM, mas o objetivo é colaborar.

177 mil eleitores

Eleições municipais ocorrem em outubro de 2020 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

177 mil é o número total de eleitores que hoje estão aptos a votar no ano que vem e serão disputados pelos candidatos à Prefeitura. Este número ainda pode mudar até meados de 2020.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Publicidade
Matérias especiais
Transferência de recursos
premium

Novo Hamburgo e São Leopoldo seriam beneficiados com extinção de municípios

Região
Colorido especial
premium

Com decoração caprichada, casa vira atração turística em Ivoti

Região
Sustentabilidade
premium

Projeto de minicisternas em escolas de Novo Hamburgo é finalista de prêmio da ONU

Novo Hamburgo
Cotidiano
premium

Para sentir no bolso: valor das placas no padrão Mercosul variam quase 170% na região

Região