Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Novo Hamburgo NOVO HAMBURGO

Obra exposta no Parcão chama atenção para tráfico de aves silvestres

Instalação com centenas de gaiolas, alusiva à Semana do Meio Ambiente, ficará próximo à entrada do parque

Por Matheus Chaparini
Publicado em: 24.05.2022 às 19:00 Última atualização: 25.05.2022 às 13:02

"Não use gaiola, plante uma árvore que ele vem". Frases como esta junto a uma pilha de gaiolas vazias formam a instalação Liberto que busca conscientizar a população sobre os prejuízos do tráfico de animais silvestres. A peça ficará no Parque Henrique Luis Roessler, o Parcão, próximo à entrada principal.

Em um espaço cercado, junto a uma árvore, serão colocados banners com frases de conscientização e mais de 200 gaiolas. Esta é a quantidade de apreensões feitas em Novo Hamburgo desde fevereiro. As aves que são recolhidas e têm condições de serem reintegradas à natureza, são encaminhadas ao Parcão e soltas.

Já as que não voam ou que estão há muito tempo em cativeiro são encaminhadas ao Ibama ou à Secretaria Estadual do Meio Ambiente. Geralmente as gaiolas são destruídas. Desta vez, serão usadas para conscientizar.

“Todo mundo que vem aqui fica chocado com a quantidade de gaiolas que a gente tem. A ideia é causar um impacto, para as pessoas terem uma noção do horror que é a quantidade de lixo que a gente acumula, porque os bichinhos estão presos nas gaiolas e não deveriam estar”, explica a diretora de Proteção Ambiental de Novo Hamburgo, Maya Ruschel.

Entre as espécies mais comuns nas apreensões estão as cantadoras, como o trinca-ferro, canário, cardeal e coleirinho. Mas em uma apreensão recente foi capturado também um bico-de-pimenta, espécie ameaçada de extinção.

“Tem pássaros apreendidos que têm preços que variam de R$ 500 a R$ 5 mil. A multa também varia nesta faixa de valor, vai aumentando conforme o nível crítico de risco de extinção.”

A instalação fica pronta em 1º de junho, data que marca a abertura da semana do Meio Ambiente, e permanece até o dia 10.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.