Publicidade
Notícias | País POLÍTICA

Bolsonaro ironiza Fernández após presidente argentino dizer que brasileiros vieram da selva

Durante encontro com o premiê da Espanha, Pedro Sánchez, Fernández disse nesta quarta-feira que mexicanos vieram dos índios, brasileiros vieram da selva e argentinos, de barco da Europa.

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 10.06.2021 às 12:19 Última atualização: 10.06.2021 às 12:20

O presidente Jair Bolsonaro ironizou nesta quinta-feira (10) fala do presidente da Argentina, Alberto Fernández, que disse que brasileiros vieram da selva e o comparou ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. "Presidente da Argentina falou que eles vieram da Europa, de barco, nós viemos da selva né?", perguntou Bolsonaro aos apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. "Eu lembro que, logo depois que o Chávez morreu, assumiu o Maduro, e ele falava que conversava com os passarinhos que estavam encarnados na figura do Chávez. "Acho que Maduro e Fernández, para eles não tem vacina", brincou em seguida.

Durante encontro com o premiê da Espanha, Pedro Sánchez, Fernández disse nesta quarta-feira que mexicanos vieram dos índios, brasileiros vieram da selva e argentinos, de barco da Europa. Depois, o presidente argentino se desculpou em sua conta no Twitter. "Eu não quis ofender ninguém", escreveu. Ainda ontem, Bolsonaro postou uma foto no Twitter ao lado de índios na Amazônia e escreveu "Selva!". Além de uma possível ironia a Fernández, a palavra é tradicionalmente usada como saudação por militares.

A apoiadores, Bolsonaro ainda disse ter conversado com o ex-presidente da Argentina Mauricio Macri por mensagem e minimizou possível atrito entre os países. "Troquei mensagem por 'zap' hoje do ex-presidente Macri, da Argentina. Não tem nenhum problema entre nós, e nem com o povo argentino. Rivalidade com a Argentina, só no futebol".

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.