Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região CALÇADO

Anúncio da construção de nova fábrica da Usaflex gera disputa entre cidades do Paranhana

Fábrica deverá ser na região, mas a cidade ainda não está definida

Por Juliana Nunes
Publicado em: 23.11.2021 às 03:00 Última atualização: 23.11.2021 às 14:10

O anúncio da construção de uma nova fábrica no Vale do Paranhana em 2022, feito pelo CEO da Usaflex Sérgio Bocayuva em entrevista aos jornais NH e Exclusivo durante a feira Zero Grau em Gramado, deu a largada para uma corrida entre cidades da região. Prefeituras estão mobilizadas a fim de atrair o investimento.

Fundada em 1998, Usaflex tem fábricas em Igrejinha, Parobé, Campo Bom e Dois Irmãos
Fundada em 1998, Usaflex tem fábricas em Igrejinha, Parobé, Campo Bom e Dois Irmãos Foto: Diego da Rosa/GES

Embora a calçadista fundada em Igrejinha afirme que não há data ou cidade específica para iniciar o projeto, que está na fase de estudos de viabilidade, municípios da região afirmam estar em negociações com a fábrica.

Parobé já se adiantou. O prefeito Diego Picucha informou que recentemente teve uma reunião com a empresa e que as tratativas para a expansão estariam avançadas. já que a Usaflex tem unidade produtiva na cidade.

"É de interesse do município que a empresa Usaflex amplie sua malha produtiva. Temos uma parceria com a empresa e estamos em contato constante para alinhar ações que possam ampliar os investimentos. Tanto que já tivemos reunião em tratativas avançadas sobre como podemos viabilizar ainda mais esse processo de expansão que representa, além do aumento dos postos de trabalho, mais investimentos em nosso município", destacou Picucha.

No páreo

A prefeitura de Taquara também demonstrou interesse. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Douglas Kaiser, a administração de Taquara mantém conversações com a direção da Usaflex, especialmente neste segundo semestre. "Manifestamos disposição em buscar alternativas para a devida instalação de unidade da Usaflex. Diante do anúncio recente por parte do CEO da empresa, reforçou-se junto à direção nosso interesse e disponibilidade em futuras parcerias", enfatizou Kaiser.

Em Igrejinha, que possui a matriz da calçadista, também há forte interesse em ampliar a estrutura, pelo potencial que representa.

"O município de Igrejinha tem orgulho da Usaflex, empresa sediada em nossa cidade, que há tantos anos gera emprego e renda na região. Estamos sempre conversando e negociando para ampliações na estrutura da empresa, em especial através do Programa de Desenvolvimento Econômico (Proden), desenvolvido para incentivar empresas na cidade", ressalta o prefeito Leandro Horlle.

Outras cidades

O Departamento de Indústria, Comércio e Trânsito de Rolante disse que entrou em contato com a empresa demonstrando interesse em receber a nova fábrica, mas não estariam havendo negociações por enquanto.

A administração de Três Coroas informou que não foi procurada pela Usaflex. A prefeitura de Riozinho não fez comentários sobre o assunto até o final da tarde de ontem.

Empresa atinge a marca de 250 franquias e planeja novas lojas

As franquias são outra forte aposta da marca de calçados, que é líder em seu segmento. A Usaflex inaugurou a 250a franquia no Park Shopping Jacarepaguá, no Rio de Janeiro (RJ).

A previsão da empresa calçadista é inaugurar mais 50 lojas no Brasil em 2022.

"O segredo da expansão de uma rede de franquias é o resultado dos benefícios que as operações oferecem aos investidores. Neste sentido, os próprios franqueados da rede têm interesse em expandir com mais lojas porque sabem que as franquias Usaflex trazem excelente retorno", avalia o diretor de expansão da empresa, Elbio Antonio Armiliatto.

Produção e empregos

A Usaflex foi fundada em 1998 e produz em média 25 mil pares de calçados por dia nas fábricas existentes no Vale do Paranhana, localizadas em Igrejinha e Parobé.

Ainda conforme a empresa de calçados, a escolha do município que terá a nova unidade leva em conta discussões em torno de renovações de incentivos fiscais do Estado, além de benefícios municipais atrelados à meta de crescimento.

Mas uma coisa é certa: será no Paranhana. "Estamos avaliando ainda uma série de questões tributárias e de renovação de benefícios fiscais. Com certeza vai ser no Vale do Paranhana", salientou o CEO da Usaflex, Sérgio Bocayuva.

O parque fabril deve gerar ainda mais empregos para a região, algo que já é destacado pela calçadista. A empresa voltou aos níveis pré-pandemia. Somente este mês abriu 600 postos de trabalho. "Já estamos com a quantidade de funcionários maior do que estávamos em 2019", diz o executivo.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.