Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região NOVO HAMBURGO

TRE solicita laudo estrutural para entender o motivo de rachaduras e deslocamento do piso do Cartório Eleitoral

Enquanto problema no prédio é analisado, Cartório segue sem atendimento presencial

Por Carla Fogaça
Publicado em: 12.05.2022 às 21:40 Última atualização: 12.05.2022 às 21:42

Engenheiros do Tribunal Regional Eleitoral estiveram nesta quinta-feira (12) no Cartório Eleitoral de Novo Hamburgo para analisar o piso que, na quarta-feira (11), começou a levantar. Segundo o funcionário do cartório que acompanhou os profissionais, Carlos Kreuz, eles olharam a estrutura do prédio, mas o próximo passo é solicitar um laudo ao proprietário.

"Sabemos que pode ter galerias pluviais que passam por baixo do prédio, mas nada é certo, pois precisamos do laudo para chegar a uma conclusão", explica Kreuz. O proprietário do imóvel salientou que já está ciente do problema e as medidas cabíveis já estão sendo tomadas.

Por telefone

Por segurança, o TRE decretou que os colaboradores façam home office. "A Defesa Civil gerou um protocolo no dia e disse que não há risco iminente, mas sem o laudo continuaremos atendendo pelo telefone, pois vamos acatar a decisão do juiz eleitoral", explica Kreuz.

Os usuários podem realizar atendimento pelo site ou através do WhatsApp (51) 99859-5894.

O que aconteceu

No meio da tarde da quarta-feira, segundo o chefe de cartório substituto Edson Marchi, com a passagem de um caminhão na rua, o piso começou a estalar e levantar. "Ficamos assustados e preocupados, pois a cada veículo maior que passava na rua, outros estalos", conta. Há cerca de sete meses o piso do depósito onde ficam as urnas eletrônicas já havia rachado.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.