Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região NEGÓCIOS

Taurus amplia sua produção para 9 mil armas por dia

Balanço do primeiro trimestre da empresa também aponta lucro líquido de R$ 195 milhões

Por Adriana Tauchert
Publicado em: 13.05.2022 às 03:00 Última atualização: 13.05.2022 às 07:50

O lucro líquido da Taurus, maior vendedora de armas curtas do mundo - com sede em São Leopoldo -, alcançou R$ 195 milhões no primeiro trimestre de 2022. Conforme o CEO Global da Taurus, Salesio Nuhs, este valor é resultado de todo o processo de transformação que teve início na empresa em 2018, a partir da nova gestão, com processos eficientes, baixos custos, controle de despesas e robusta estrutura operacional.

Nuhs observa que o montante já supera a totalidade do lucro líquido distribuído na forma de dividendos referente ao resultado de 2021, que foi de R$ 194,3 milhões. E a expectativa é fechar o primeiro semestre do ano com estabilização dos resultados. "Temos nos Estados Unidos o nosso maior resultado: de 75 a 80%. O mercado americano é o nosso maior mercado e está estável", destaca.

O CEO da Taurus lembra que o mercado de armas é sazonal e que a sazonalidade será percebida em 2022, depois de não ter ocorrido nos últimos dois anos, quando houve forte demanda. "Estamos esperando em 2022 um ano diferente dos últimos dois, mais desafiador, porém com bons resultados na Taurus, que está preparada para o reposicionamento do mercado", diz o CEO Global da Taurus.

Complexo industrial

Ainda neste mês deve começar a operar a primeira empresa fornecedora no novo complexo industrial da empresa, inaugurado no fim do ano passado, no bairro Fazenda São Borja, ao lado da Taurus. Segundo Nuhs, a Trivium será a primeira empresa fornecedora a operar na unidade.

Em seguida, em 60 dias, a previsão é que comece a operar a joint venture da Taurus com a Joalmi, para a fabricação e comercialização de carregadores. Inicialmente quatro empresas devem operar neste espaço. De acordo, com o CEO da Taurus, no entanto, a ideia e ampliá-lo para que outras três empresas fornecedoras também possam ser transferidas para a área. "O novo complexo industrial servirá também para suprir a demanda das outras unidades da empresa no mundo", explica.

Produção

Atualmente, a Taurus produz 9 mil armas por dia, sendo 6 mil/dia na unidade de São Leopoldo e, 3 mil/dia na fábrica de Bainbridge, na Georgia, nos Estados Unidos. O volume de produção é 15,4% superior ao registro no primeiro trimestre de 2021, quando atingiu a média de 7,8 mil unidades/dia.

Capacitação de equipe na Índia

A estrutura da fábrica de armas JHind Taurus India Private Limited, da joint venture da Taurus com o Jindal Group, já foi concluída na cidade de Hisar, na Índia. O processo de aquisição das máquinas foi iniciado e toda a documentação necessária neste processo está sendo implementada, segundo a Taurus. Conforme Nuhs, a equipe da Índia está fazendo a capacitação de fornecedores.

“Na fábrica da Índia teremos a transferência de tecnologia para começar a produzir para o mercado civil.” Um grupo de engenheiros da Taurus foi para a Índia para realizar treinamento de pessoal local, preparando a unidade para receber as peças a serem enviadas do Brasil.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.