Publicidade
Notícias | Rio Grande do Sul Volta às aulas

"Não tem condição", diz Cpers sobre retorno das aulas no Estado

Sindicato participa de audiência de conciliação nesta segunda e deve anunciar os próximos passos após assembleia da categoria

Publicado em: 02.05.2021 às 17:02 Última atualização: 02.05.2021 às 17:08

"Voltar da forma como estão as escolas, sem protocolos e EPIs adequados, não tem condição. A não ser que queiramos voltar na rota do matadouro", diz a presidente do Cpers, Helenir Aguiar, sobre a possibilidade de retorno das aulas a partir desta segunda-feira (3).

O sindicato dos professores participa amanhã de uma audiência de conciliação com o governo do Estado. Também participam  representantes de Porto Alegre, da Associação de Pais e Mães pela Democracia (Apmd), da Federação dos Professores, Trabalhadores Técnicos e Administrativos e Auxiliares Empregados em Estabelecimento de Ensino (Fetee-Sul), do Sindicato do Ensino Privado ( Sinepe/RS) e do Sindicato dos Professoresdo Ensino Privado (Sinpro/RS).

A ideia é que as partes cheguem em um acordo, após o CPERS ter impetrado uma nova ação pedindo a suspensão da volta às aulas no Estado. "Vamos aguardar por uma proposta e então decidiremos o que fazer", afirma Helenir.

O sindicato participa da conciliação pela manhã e à tarde, 16h30, realiza uma assembleia virtual.

A volta às aulas foi autorizada depois da publicação de um novo decreto que trouxe mudanças no Modelo de Distanciamento Controlado, na cogestão e na salvaguarda. 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.