Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Rio Grande do Sul TRAGÉDIA EM SANTA MARIA

Faltam 30 dias para o início do julgamento do caso Kiss em Porto Alegre

Credenciamento do público para acompanhar o júri abre a partir desta quarta-feira (3)

Publicado em: 01.11.2021 às 17:58 Última atualização: 01.11.2021 às 17:59

Falta exatamente um mês para o início o julgamento do caso Kiss em Porto Alegre. No dia 1º de dezembro, irão ao Tribunal do Júri os empresários e sócios da boate Kiss, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, e os músicos da Banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão. Os quatro respondem pelo incêndio em Santa Maria, em 2013, que matou 242 pessoas e deixou outras 636 feridas.

Prédio onde funcionava a boate Kiss pertence à Associação dos Familiares das Vítimas do incêndio
Prédio onde funcionava a boate Kiss pertence à Associação dos Familiares das Vítimas do incêndio Foto: Renata Cardoso/Especial

Com a proximidade do julgamento, começa nesta quarta-feira (3) o período de credenciamento do público em geral que deseja acompanhar a sessão de forma presencial. As inscrições deverão ser feitas pelo site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul até o dia 12 de novembro. (Acesse o formulário).

O júri será realizado no 2° andar do Foro Central I, na capital, e será presidido pelo juiz Orlando Faccini Neto. Haverá transmissão ao vivo pelo canal do TJRS no Youtube

Devido à pandemia de Covid-19, o número de assentos é restrito a familiares das vítimas, às partes (acusados e Ministério Público) e à imprensa. Ao todo, serão 86 lugares.

Quatro auditórios de transmissão, com 54 lugares cada, serão disponibilizados em outros dois andares do Foro, onde telões transmitirão ao vivo o julgamento. Três dessas salas serão destinadas para parentes das vítimas e sobreviventes. E a quarta receberá o público em geral e familiares dos réus.

Para acompanhar o julgamento, será necessário usar máscara de proteção facial, apresentar documento de identificação com foto e passaporte vacinal ou exame de PCR feito 72 horas antes do comparecimento.

O caso

O incêndio aconteceu em 27 de janeiro de 2013, na cidade de Santa Maria. Morreram 242 pessoas e outras 636 ficaram feridas. O julgamento do processo foi transferido para a Comarca de Porto Alegre por decisão da 1ª Câmara Criminal do TJ-RS.

No processo criminal, os empresários e sócios da Kiss, Elissandro e Mauro, e os músicos da Banda Gurizada Fandangueira, Marcelo e Luciano, respondem por homicídio simples (242 vezes consumado, pelo número de mortos; e 636 vezes tentado, correspondente ao número de feridos).

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.