Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião Opinião

O ministro Paulo Guedes

Por Ivar Hartmann
Publicado em: 25.11.2021 às 03:00

Todos conhecem estas duas definições: Paraíso fiscal é um território onde as transações financeiras são autorizadas sem identificar as pessoas envolvidas ou com poucas informações sobre elas, com tributações reduzidas ou nulas. Offshore traduz-se por "em alto-mar". O termo se refere a empreendimentos ou contas bancárias abertas fora do país de origem do proprietário.

Embora sejam vinculadas a paraísos fiscais e crimes de sonegação fiscal, empresas offshore não são necessariamente ilegais. O megavazamento Pandora Papers, divulgado pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, revelou que Paulo Guedes é dono de uma offshore no paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas. O código de conduta da Alta Administração Federal proíbe, no Artigo 5º, que funcionários do alto escalão mantenham aplicações financeiras que possam ser afetadas por políticas governamentais, no Brasil e no exterior.

Como decisões e declarações de Guedes impactam no câmbio, especialistas enxergam um possível conflito de interesses entre o cargo que ele ocupa e o investidor antigo e eficaz que é. Ainda candidato, Bolsonaro dizia que não entendia de economia mas que seu futuro ministro Paulo Guedes era o "bambambã" da área. Acertou. Em 1º de janeiro de 2019, quando assumiu, o dólar estava a 3,85. Agora está a 5,52. Paulo Guedes tem mais de 9 milhões de dólares aplicados em um paraíso fiscal. Seriam 34 milhões de reais quando assumiu e 50 milhões agora. Um lucro de 14 mil reais por dia de ministro. Sim, é competente. E legal.

Atualmente, quem dirige a offshorfe do ministro é sua filha com quem ele, óbvio, nunca conversa sobre câmbio ou economia e nem se preocupa com sua conta. Afinal são só 9 milhões de dólares.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.