Publicidade
Botão de Assistente virtual
Opinião

Coração ferido, alma leve

Por Cláudio Brito
Publicado em: 25.05.2022 às 03:00

A elegância e a firmeza demonstradas por João Doria ao desistir de ser candidato à presidência da República chamaram positivamente a atenção de quem viu todos os fatos sem comprometimento ideológico ou partidário. Sua postura foi correta e digna. Atirou no alvo certo ao dizer que "não sou o candidato da cúpula do meu partido", manifestação que teve o significado de justificar-se ante os filiados ao PSDB, que lhe deram vitória nas prévias, quando derrotou a Eduardo Leite.

A direção tucana preferiu desconhecer aquele resultado e tudo fez para que acontecesse o que agora está consolidado: o partido não tem ainda uma candidatura definida, o que foi prorrogado sem prazo certo, pois foi cancelada a reunião marcada para ontem com essa pauta. Os tucanos namoram a candidatura emedebista de Simone Tebet, que falou poucos minutos após o pronunciamento de Doria, reiterando que nele tem muita confiança.

Seguem-se agora as tratativas que se arrastarão até agosto, data final para que os candidatos se registrem. Doria não deixa o partido, mas se recolhe por algum tempo. Como foi muito bem dito por ele, "com o coração ferido, mas a alma leve".

Ele só merece elogios pela forma com que se despediu da candidatura, sem trair aqueles que o traíram. Um homem civilizado e correto no agir, ainda que em situação traumática para ele. Não duvido que ainda o veremos nos programas eleitorais da televisão, sustentando candidaturas assinadas pelo partido que não vai abandonar. Já demonstrou ter essa envergadura. Quem o desprestigiou que se envergonhe.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.